Categorias: Dicas, Meio ambiente

Terrários

         TITULO TERRÁRIOS

        Uma vez vi uma foto no Instagram de suculentas coloridas. Apesar de o nome parecer apetitoso, as suculentas são espécies de plantas que conseguem reter água, normalmente encontradas em solos áridos. Fiquei maravilhada com sua beleza e logo comprei quatro para deixar no meu jardim. Elas são super fáceis de cuidar! Para quem é um pouco esquecida como eu, a rega é só a cada 15 dias.

a172425603d7868771cc3e209b62af52

Foto: Pinterest

            Bem, pesquisando mais sobre suculentas, encontrei vários resultados sobre o famoso terrário. Sinceramente nunca tinha ouvido falar dele antes, mas percebi que muitas pessoas estão criando esse miniecossistema em um potinho. Além de ficar muito bem em espaços pequenos (boa pedida para quem mora em apartamento), dispensa muitos cuidados e é também muito educativo para crianças.

            Terrários são recipientes de vidros, fechados ou abertos, nos quais é possível reproduzir as condições necessárias para o cultivo de plantas. Para confeccionar um terrário, é necessário comprar areia, terra para jardinagem, pedras, carvão, cascalho e elementos decorativos (se quiser). O recipiente de vidro você pode reutilizar algum pote que você tem em casa (aqueles de mel ou goiabada, sabe?). Ah! E claro, faltou o principal: as plantinhas! Podem ser musgos, suculentas, cactos, entre outras. Pesquise bem as plantas antes de sair comprando, pois tem as que se adaptam melhor em ambiente fechado.

   4c3276193ea2bbd206b2e1a934cced54

Foto: Pinterest

c6951c8d61bc7c7037f5161cb23e2c8d

Foto: Pinterest

            Posso ficar horas contemplando um terrário, mas acredito que sua importância vai muito além de sua beleza enigmática: ele reforça nossa relação com a natureza, muitas vezes perdida na correria do dia a dia. Através desse pequeno ecossistema, conseguimos compreender melhor o ciclo da água e das plantas de uma forma muito didática. O terrário fechado se mantém sozinho, isto é, uma vez regado, as plantas liberam a água das folhas pela evapotranspiração, e depois o vapor fica concentrado no vidro, que condensa e forma uma espécie de “chuva”, realimentando o pequeno sistema. Através da construção de um terrário, percebemos na prática como a natureza é inteligente e autossuficiente. Um excelente instrumento de educação ambiental!

            Estou muito empolgada e agora quero construir meu próprio terrário! Daqui a algumas semanas eu posto como ficou! =)

zenmanners

Foto: Pinterest

Deixe seu comentário